266126586146761 1089028052512115 1052742702658290
top of page

5 dicas para melhorar a expressão oral em francês

Atualizado: 27 de jun. de 2022

Se você sente que consegue ler bem em francês, compreende razoavelmente o que escuta, mas parece que trava na hora de falar, calma, você não tá sozinho nessa! E, de certa forma, é esperado que tenhamos inicialmente mais facilidade com as competências de compreensão oral e escrita (escuta e leitura) do que com as competências de produção oral e escrita (fala e escrita).


Por isso, separamos 5 dicas importantíssimas pra levarmos a sério quando o assunto é o desenvolvimento da expressão oral em francês!

















Dica 1 - Ouça francês o máximo que você puder!


É muito difícil melhorar a fala se você não estiver exposto à língua, imerso nela, captando expressões, pronúncia, vocabulário, conjugação verbal, dentre diversos outros elementos. Aqui vale de tudo: escutar música/rádio/podcast, ver filmes/séries/vídeos, acompanhar pessoas francófonas em redes sociais. Escolha assuntos que você gosta para que esse processo tenha sentido e seja prazeroso para você! Procure escutar um pouco de francês todos os dias e saiba que, mesmo quando você não está prestando atenção ou entendendo tudo o que está sendo dito, o seu cérebro está captando muita coisa, e esse tempo investido em contato com a língua com certeza vai valer a pena!


Ou seja, não, não basta apenas ir à aula de francês uma vez por semana: esse trabalho de contato com a língua fora de sala de aula é precioso!




Dica 2 - Escolha suas músicas favoritas em francês e cante acompanhando a letra!


Você já deve ter ouvido muita gente falar que aprendeu inglês dessa forma, mas parece que essa prática fica um pouco mais esquecida quando falamos dos estudos de francês. Cantar junto com a música faz você praticar pronúncia, descobrir novas palavras, se sensibilizar a diferentes sotaques e associar mais facilmente a pronúncia das palavras com a escrita, o que costuma ser um grande desafio pros estudantes de francês. E aí, qual música você vai cantar hoje?


Quand il me prend dans ses bras, il me parle tout bas, je vois la vie en roooose…





Dica 3 - Pense e converse consigo mesmo em francês!


Oui, tá aí uma dica simples que você pode colocar em prática no banho, no ônibus, na fila do banco, antes de dormir, enfim, em qualquer lugar! Procure estruturar mentalmente, ou mesmo em voz alta, como você diria em francês algo que você diria inicialmente em português. Isso nos faz mobilizar o vocabulário e as estruturas que já adquirimos e nos ajuda a identificar quais são as palavras e estruturas que ainda precisamos aprender ou praticar mais. Se você tiver um tempinho, vai lá e busca aquela palavra que ficou faltando ou então confere se está certa aquela conjugação verbal que deixou você um pouco em dúvida.




Dica 4 - Se arrisque mais a falar em sala de aula


Se arrisque mais a falar em sala de aula, mesmo que você não tenha certeza se as frases estão corretas ou mesmo que você desconheça algumas palavras em francês. Tente, se arrisque, coloque palavras em português onde precisar ou peça ajuda pra professora com o vocabulário ou a conjugação. Ah, e isso vale também pra quando você for viajar pra um país francófono ou quando for se comunicar com algum falante de língua francesa, ok? Aproveite a oportunidade pra botar o francês pra jogo, que com certeza você vai aprender demais no processo!




Dica 5 - E, por fim, se desprenda do medo de errar!


Errar é parte inevitável do processo de aprendizagem de uma língua e aprendemos demais (demais mesmo) em aula com os erros e as dúvidas. Ninguém espera que você saiba dizer tudo ou que não faça nenhum erro, e se você esperar pra ter certeza de tudo o que está falando antes de se expressar, te garantimos que o seu processo de aprendizagem será muito mais longo do que o necessário. Aprendemos a falar justamente falando e em interação, por isso diminua as cobranças e se jogue! E se errar alguma coisa no caminho, qual é o problema? O mais importante é que você consiga se comunicar!



-

Dica bônus 1:

Se poder se expressar oralmente em francês é uma prioridade pra você, vale se informar e avaliar se a metodologia da sua escola de francês também prioriza esse aspecto. Aqui na Pot-Pourri, sempre nos preocupamos muito em criar um ambiente acolhedor para que o estudante pudesse se expressar com segurança desde o primeiro momento, assim como em propor aulas que incentivam sempre a troca e a conversação. Também por isso sempre optamos por termos turmas pequenas: assim conseguimos nos assegurar de que todo mundo terá espaço para se expressar.


Dica bônus 2:

Buscar um grupo ou um curso de conversação em francês também é uma ótima ideia para desenvolver a expressão oral! Estão abertas agora as matrículas para o curso de conversação iniciante em francês, voltado para quem está na transição do nível iniciante (A1) para o intermediário (A2), com opção de turma online e presencial. Clique aqui para mais informações.


0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page